Alumínio em Pasta: o que é e como funciona sua importação?

Alumínio em Pasta: o que é e como funciona sua importação?

Praticamente encerrando o mês, este é o último artigo do ano pertencente à série sobre químicos que possuem presença comum no Comércio Exterior. O tema de hoje é o Alumínio em Pasta na Importação.  

Em primeiro lugar, este insumo também é bem presente no nosso dia a dia e está igualmente atrelado ao mundo do Comércio Exterior. Vamos entender mais sobre ele?

O que é alumínio em pasta? 

Antes de explicar mais sobre o fato deste químico ser comercializado em forma de pasta, é preciso voltar algumas casas e falar do alumínio em si.  

Infográfico sobre Fretes Marítimos da China - Faça o Download Gratuitamente

Conhecido pelos químicos pela sigla Al, o alumínio está localizado no terceiro período da Tabela Periódica. É proveniente da Bauxita e obtido pelos métodos de Bayer ou Hall-Heroult (para se produzir o alumínio em formato mais puro). 

Ou seja, o Alumínio em Pasta é uma variante dessa sua apresentação inicial. 

Leia mais: DIFENOCONAZOL: como funciona sua Importação?

Onde o Alumínio em Pasta é utilizado na Indústria? 

Sabe aquela pasta que é muito encontrada na cozinha e usada para dar brilho nas panelas? Esse é um dos usos mais comumente aplicados para o produto. 

Isso acontece porque o Alumínio em Pasta tem ação abrasiva: quando em contato com outros itens de alumínio, age causando um acabamento com aparência de polimento.  

Além dessa pasta, que é a mais conhecida, existem as pastas fabricadas industrialmente e que são utilizadas no mercado para acabamentos e selagem de produtos maiores. 

Leia mais: Importação do FIPRONIL: o que é e como funciona?

Como está a Importação do Alumínio em Pasta? 

Ainda que seja um item usado com bastante frequência, o volume de Importação do Alumínio em Pasta é mais esporádico, tendo acontecido em períodos pontuais no decorrer no último ano, mas sempre em grandes quantidades: de janeiro até novembro, foram importados mais de 200 milhões de quilos do produto. 

A Importação de Alumínio em Pasta nos últimos 11 meses

No decorrer de 2020 foram efetuados 1.249 registros deste material e o Porto de Santos lidera o volume de desembaraços, seguido do Aeroporto Internacional de Viracopos. 

Principais unidades de desembaraço do alumínio em pasta dos últimos 11 meses. Fonte: Search – LogComex.

Aqui se nota uma pequena vantagem da Importação Marítima para esse produto, que se vale deste modal para mais de 50% de suas importações. O modal aéreo se encontra como segunda maior opção, equivalente a quase 46%. Por último fica o rodoviário, com aproximadamente 3%. 

Principais modais de transporte da Importação do alumínio em pasta nos últimos 11 meses. Fonte: Search – LogComex.

Financeiramente, o montante ultrapassa a marca dos U$S 2 milhões e o pico de importações ocorreu em outubro deste ano. 

Tendência de importação do alumínio em pasta. Fonte: Search – LogComex.

Como funciona a Importação e a Exportação 

Sob a NCM 3212.90.90, como é aplicado normalmente no mercado, o Alumínio em Pasta não é analisado por nenhum órgão, e não exige a necessidade de nenhum tipo de autorização para entrar ou sair do país. 

Desse modo, não há qualquer incidência de imposto na Exportação. Diferente da Importação que sofre com a tributação de: 

  • 14% de Imposto de Importação;
  • 10% de IPI;
  • 2,1% de PIS;
  • 9,65% de COFINS.

O fato de o item não ter controle ou Impostos na Exportação não quer dizer que não carece de cuidados, comercialmente falando. 

Mesmo não passando por controle de órgãos conhecidos por serem mais rigorosos, como ANVISA e Polícia Federal, o exportador segue sendo responsável pelas informações apresentadas e deve sempre garantir que o produto seja embarcado.

Ou seja, transportado e armazenado corretamente durante todas as etapas da cadeia, garantindo assim, a qualidade do material quando direcionado ao seu consumidor final. 

Seja ele no Brasil ou no exterior, caso o produto tenha sido produzido localmente ou ainda que importado. 

Alcance melhores resultados na Importação de químicos

Com o Search da LogComex é possível realizar pesquisas assertivas, análises sobre o seu mercado, produtos importados, preços e clientes e fornecedores.

Além de entender seu market-share e antever tendências futuras, incluindo a respeito do Alumínio em Pasta.

Conheça as soluções da LogComex para importadores.