Saiba por que é importante ter visibilidade no processo de importação

Qual a importância da visibilidade no processo de importação?

Nada novo sob o sol quando falamos sobre as dificuldades e burocracias envolvendo o processo de importação. Durante toda essa logística — desde a origem até o destino — são necessárias muitas pessoas e mãos trabalhando com o mesmo objetivo. E, ainda, é preciso que tudo seja atualizado, para que possa haver um controle dessa carga em trânsito. No meio disso tudo, nós perguntamos para você, profissional do comércio exterior: qual a importância da visibilidade no processo de importação? 

Se você está com a resposta na ponta da língua, continue a leitura, confirme sua teoria e interaja com a gente. 

Agora, se você não conseguiu elaborar uma boa resposta… Nosso artigo está aqui cheio de informações separadas especialmente para essas dúvidas. Então não perde tempo, continua a leitura com a gente também.

Agentes envolvidos na importação

O processo de importação parece bem simples. Na verdade, não é o mais complexo. Mas, ainda assim, está longe de ser fácil. 

É um processo que demanda know how devido a tantas “mãos” e setores envolvidos. Desde que o produto sai do seu país de origem até seu país destino, chegando na mão do importador.



Bom, entre os agentes envolvidos na importação podemos citar, em ordem que aparecem no processo do comex:

Esses são os agentes levando em conta um processo de “regra geral”. Se nos aprofundarmos e detalharmos sobre a importação, aí sim há chances de aumentarmos ainda mais a lista. 

É importante lembrar que o sistema que envolve todos esses agentes funciona como uma engrenagem. Um agente depende do outro. 

Uma liberação é necessária para que o andamento da logística continue e chegue até o próximo e assim por diante. Até que a mercadoria alcance você, importador. 

Enquanto isso, é preciso dedicar atenção ao item ou bem de fora do país, monitorando como está a logística e acompanhar essas etapas.

Tudo isso também vai depender dos agentes e das informações disponibilizadas por eles. 

Dependência da informação

Dentro do trâmite das importações, informação é mais um processo burocrático (e necessário, obviamente). 

Por exemplo, pra você entender a complexidade de como tudo é unificado e dependente: o exportador precisa confirmar se recebeu a ordem de pedido.

Depois é a previsão de quando ficará pronto, se ficou pronto, enviar draft e de invoice e packing

Na sequência é preciso aprovação, os originais são necessários e, por isso, solicitados para envio. É preciso esperar que cheguem e assim vai…

Esse “passo a passo” pode ser rastreado e vai sendo atualizado durante cada etapa concluída. 

Para isso, um setor depende do outro. Um precisa fazer tudo corretamente (considerando que não haverão falhas logísticas, problema com modal e ou falta/erro de documentação) para que chegue no outro e cada um vai atualizando a sua parte. 

É o famoso “cada um faz sua parte do trabalho na escola e, na hora de apresentar, todo mundo junta”. 

As partes são isoladas, mas uma depende da outra para que a mercadoria chegue, como contratado, nas mãos do importador. 

Podemos pensar em um exemplo até mais simples e do dia a dia. Quando você está com fome, abre seu aplicativo de comida no celular, escolhe uma lanchonete, seleciona uma opção de lanche e faz o pedido. 

Em minutos vai acompanhando as atualizações de informações. Se o pedido foi aceito, se está na cozinha, se o preparo foi finalizado e se já saiu para entrega. Até que o entregador chegue na sua porta com a encomenda. 

Um setor (nesse caso, atendimento, cozinha, entrega) se conecta e atualiza o outro para que chegue tudo ao cliente. 

No processo de importação o funcionamento é, praticamente, o mesmo. Um setor passa informação para o outro, enquanto quem importou, vai acompanhando até receber a mercadoria. 

Peça-chave para a informação

Ainda, especificamente, sobre o comércio exterior, precisamos lembrar de uma peça chave para a informação: o agente de cargas. Existem dois tipos de profissionais para destacarmos. 

Agente de gigantes multinacionais, como DHL, KN e Schenker, que onde quer vá mantém um padrão, com escritórios no mundo e possuindo essa rede de informação própria.

E também os agentes médios e pequenos, conhecidos aqui no Brasil também como “Agente Ltda”. 

Sem possuir escritórios espalhados pelo mundo, dependem de outros agentes e empresas parceiras para obter dados e informações. Muitas vezes solicitando até mesmo para o armador ou companhia aérea.

Um ciclo de mãos que possuem responsabilidade e informações. 

Agentes que dependem de outros agentes, que vão precisar do exportador. Que também depende de um agente, que vai necessitar de apoio do armador, que poderá encaminhar atualizações.

Justamente por ser uma área que depende de pessoas para a transmissão da informação, é preciso conquistar cada vez mais visibilidade no processo de importação. 

Ainda mais levando em conta que a maioria dos detalhes solicitados e necessários para o acompanhamento da importação são disponibilizados por e-mails, planilhas e sites

Leia mais: Visibilidade: A chave para uma gestão da cadeia de suprimentos eficientes

Como obter visibilidade no processo de importação em 3 passos

Já deu pra entender que é um o processo de importação funciona em cadeia, onde um depende do outro e por aí vai, né? 

Por isso, vamos tentar te ajudar! Separamos 3 passos que podem ser úteis para obter visibilidade no processo de importação. Veja:

Passo 1) Usar e abusar da tecnologia! 

Os meios digitais estão cada dia mais presentes na nossa vida. As redes sociais mesmo ocupam boa parte do nosso tempo livre. 

Então é preciso se aprofundar e gerar destaque dentro do mundo virtual, através dele é possível conseguir bastante visibilidade.

Com a nova solução em visibilidade em tempo real da Logcomex — o LogManager — por exemplo, é possível ter total visibilidade dos seus embarques internacionais.

Desde a logística internacional até o processo aduaneiro. Com ele, você sabe exatamente onde está sua carga, se houve alguma intercorrência no trajeto e se há possibilidade de ocorrer algum atraso. Também fica ciente em caso de falta de algum documento.

Passo 2) Simplificar o processo 

Tudo já é difícil demais, então o importante é descomplicar o acesso. Não adianta investir em tecnologia, ter boa visibilidade, mas a execução não ser funcional, né? 

Por isso, é preciso que, através da tecnologia, seja entregue ao importador uma experiência facilitadora, rica de informações e em tempo. 

Usar ferramentas complexas, que exigem muitos cliques e telas vai burocratizar ainda mais um processo que já é complicado por si só.

Por isso o LogManager é a solução ideal para obter visibilidade no processo de importação. De uso prático, a plataforma apresenta os dados que você precisa em poucos cliques. Além de trazer informações em painéis visuais intuitivos.  

A plataforma de visibilidade em tempo real da Logcomex segue o mais alto grau de sofisticação: a simplicidade.

Passo 3)  Automatizar o serviço 

Já entendemos e conhecemos toda a cadeia logística por onde a importação passa — e olha que não são poucas “mãos”!

Com isso, também conseguimos entender que cada uma dessas etapas vai gerar consultas a sistemas diferentes, sites variados, uma infinidade de planilhas… O que só traz mais problemas e dúvidas. 

Porém, ao automatizar é possível escalonar e ganhar produtividade na rotina. Claramente, os recursos não vão zerar todas as situações, mas com certeza vão ajudar a sua empresa a ter mais e melhor visibilidade.

Ao usar o LogManager, por exemplo, você nem precisa ficar abrindo o sistema para verificar o status da sua carga ou seu progresso no trajeto.

As atualizações dos status dos embarques são enviadas diretamente para sua caixa de entrada. 

Além disso, em caso de qualquer risco à sua carga, você recebe notificações direto em seu e-mail a tempo de tomar uma ação preventiva.

Leia mais: Por que automatizar o processo de importação?

Conheça a plataforma de visibilidade em tempo real da Logcomex: o LogManager 

O LogManager é a maior plataforma de visibilidade em tempo real. Com ela, você sabe exatamente onde está cada uma das suas cargas, com informações centralizadas em um só lugar!

Extremamente robusta, a plataforma é capaz de monitorar mais de 20 tipos de eventos diferentes durante a jornada de embarque da sua carga.

A visibilidade no processo de importação proporcionada pelo LogManager, além de trazer maior controle da sua operação, também reduz custos e acelera processos.

Afinal, com ele, você pode antecipar documentações e pagamentos de encargos, acelerando em até 40% o processo aduaneiro.

Sem falar que o LogManager contribui para a integração de processos, tornando-os mais robustos e ágeis. O que facilita a obtenção da certificação OEA.

Um selo que — além de comprovar a confiabilidade das empresas — também garante que suas cargas sejam parametrizadas em canal verde.

Por fim, com o LogManager é possível reduzir em 20% os custos operacionais!

Quer conhecer o LogManager e entender como ele pode proporcionar total visibilidade no seu processo de importação? Clique aqui e preencha o formulário na página para agendar sua demonstração gratuita!

1 comentário em “Qual a importância da visibilidade no processo de importação?”

  1. Pingback: Controle de importação: por que usar uma plataforma online?

Comentários encerrados.