3 Maneiras de preparar o seu Catálogo de Produtos

Dentre as novidades do Novo Processo de Importação (NPI) está o Módulo Catálogo de Produtos, o qual também será integrado com a DUIMP. A implementação do Catálogo de Produtos visa centralizar e padronizar as informações dos produtos importados, facilitando a gestão e o controle das operações de comércio exterior. 

Com a integração à DUIMP, o Catálogo de Produtos se torna muito importante para garantir a conformidade e a eficiência no processo de importação. Portanto, entender como preparar e manter atualizado este catálogo é essencial para qualquer importador que deseja otimizar suas operações e evitar problemas com a fiscalização.

Neste artigo, vamos explorar três maneiras eficazes de preparar o seu Catálogo de Produtos, desde a organização inicial dos dados até a integração final com a DUIMP. 

Vamos abordar também a importância de seguir os prazos estabelecidos, como utilizar o portal importador de forma eficiente e a relevância dos NCMs (Nomenclatura Comum do Mercosul) na descrição dos produtos.

Ao final, você estará mais preparado para gerenciar seu catálogo e garantir que suas importações sejam processadas sem contratempos.

Entendendo o Catálogo de Produtos

O Catálogo de Produtos na importação é um módulo essencial do Portal Siscomex. Sua principal finalidade é auxiliar no preenchimento das DUIMP (Declaração Única de Importação), utilizando um banco de dados detalhado sobre os produtos e os operadores estrangeiros envolvidos nas operações do importador. 

Esse banco de dados é gerido pelo próprio importador, que deve atualizá-lo regularmente com novos produtos ou com novas informações sobre os produtos já cadastrados.

Quando o Novo Processo de Importação (NPI) e seu documento principal, a DUIMP, estiverem prontos para aceitar operações sob licenciamento, o módulo Catálogo de Produtos terá um papel crucial. 

Ele diagnosticará se o produto registrado está sujeito a controle de algum órgão anuente. Caso necessário, o módulo de licenciamento (LPCO) pode ser acionado diretamente a partir do Catálogo de Produtos para solicitar a licença junto ao respectivo órgão anuente. 

É importante destacar que, mesmo que uma mercadoria não esteja inicialmente sujeita a licenciamento, pode haver necessidade de licença com base em outras informações da operação.

Recapitulando a NPI

O Novo Processo de Importação (NPI) é uma iniciativa governamental destinada a reformular, simplificar e desburocratizar o sistema de importações no Brasil. O NPI visa modernizar e tornar mais eficiente todo o processo, utilizando o Portal Siscomex como uma plataforma central. Entre as inovações introduzidas pelo NPI, destacam-se a DUIMP (Declaração Única de Importação), o Catálogo de Produtos e o módulo LPCO (Licenças, Permissões, Certificados e Outros documentos).

Além da reestruturação dos documentos eletrônicos, o NPI também abrange a revisão e atualização de normas, processos e legislações que regem as importações. 

O objetivo é reduzir a burocracia, facilitar a vida dos importadores e agilizar o desembaraço aduaneiro, tornando o Brasil mais competitivo no cenário do comércio internacional. Essas mudanças visam reduzir o tempo de liberação das mercadorias e proporcionar um ambiente mais eficiente e transparente para os operadores de comércio exterior.

Importância da DUIMP

A DUIMP (Declaração Única de Importação) foi criada para substituir a Declaração de Importação (DI) e a Declaração Simplificada de Importação (DSI), trazendo uma mudança significativa na forma como as importações são gerenciadas no Brasil. Um dos componentes centrais deste novo sistema é o módulo Catálogo de Produtos, que se tornou um requisito obrigatório.

A integração do Catálogo de Produtos na DUIMP marca um passo crucial para a modernização e otimização dos processos aduaneiros. Essa iniciativa traz consigo diversos benefícios que impulsionam a eficiência operacional, simplificam as tarefas e garantem um desembaraço aduaneiro mais rápido e seguro. Ao utilizar o catálogo, os importadores podem criar um banco de dados centralizado e organizado dos produtos comercializados, o que facilita a gestão e o controle das operações.

Cronograma da DUIMP

A implantação da nova DUIMP será realizada de forma gradual, seguindo um processo semelhante ao da DU-E (Declaração Única de Exportação) recentemente implementada.

Até o momento, o cronograma completo de implantação da DUIMP ainda não foi divulgado pela Receita Federal. No entanto, podemos observar algumas etapas e mudanças que ocorreram durante o período inicial de testes e implementação.

Na versão piloto da DUIMP, lançada em Outubro de 2018, apenas as empresas certificadas no Programa OEA (Operador Econômico Autorizado) podiam registrar as declarações. No entanto, houve alterações nessas regras ao longo do tempo.

3 Maneiras de Preparar o Catálogo de Produtos

Preparar um Catálogo de Produtos eficiente é essencial para o sucesso das operações de importação no NPI. Aqui estão três maneiras importantes de garantir que seu catálogo esteja pronto para uso:

Revisão de NCMs

Uma revisão cuidadosa das NCMs (Nomenclatura Comum do Mercosul) é crucial para garantir a conformidade com as regulamentações. É obrigatório justificar qualquer alteração no cadastro de NCMs à Receita Federal. Por isso, a precisão é fundamental.

Certifique-se de revisar regularmente e manter atualizado o cadastro de NCMs de seus produtos para evitar problemas durante o processo de importação.

Preparando Atributos

Empresas com uma ampla variedade de produtos negociados internacionalmente devem dedicar atenção especial à preparação de atributos. Uma ampla gama de produtos significa um grande número de registros a serem feitos no catálogo. 

Certifique-se de definir e organizar cuidadosamente os atributos de cada produto, incluindo descrições detalhadas, especificações técnicas e outras informações relevantes. Isso facilitará a busca e a identificação dos produtos durante o processo de importação.

Usando Ferramentas de Automação

Conquistamos um catálogo de produtos completo e preciso, mas ainda há espaço para otimização. É hora de aproveitar o poder da automação para agilizar o processo de entrada de dados e elevar a qualidade da nossa informação. Explore opções de softwares e sistemas que possam ajudar na gestão eficiente do seu catálogo de produtos.

Catálogo de Produtos Logcomex

Com o novo processo de importação em pleno desenvolvimento, a Logcomex desenvolveu uma ferramenta gratuita para facilitar a criação e edição do seu catálogo de produtos de forma simples e rápida. A ferramenta de Catálogo de Produtos facilita a vida dos importadores, pois possui:

  • Interface intuitiva para criação e manutenção do catálogo;
  • Processo eficiente para gerenciar seus produtos importados.
Falar com um especialista! Preencha os campos abaixo!