Coronavírus: como está a Importação de vacinas no Brasil?

Coronavírus: como está a Importação de vacinas no Brasil?

Em praticamente 7 meses de pandemia, uma das notícias mais aguardadas é a da disponibilização da vacina contra o Coronavírus. Afinal, a Importação de vacinas vai ser essencial para controlar a propagação da Covid-19.

Na última quarta-feira (28), foi dado um passo importante para a realização dessa conquista: a Anvisa autorizou a Importação do insumo em forma de produto intermediário (não envasado).

A CoronaVac é uma vacina produzida em uma parceria entre o Instituto Butantan e a empresa chinesa do ramo farmacêutico Sinovac Life Sciences. Ainda na fase III do estudo clínico, não possui registro no Brasil. 

A testagem ainda precisa passar por inúmeras fases. De acordo com o Instituto Butantan, a jornada comum do lançamento de uma nova vacina pode demorar de 5 a 15 anos, levando em conta o momento da descoberta até a disponibilização do produto à população.

É claro que a comunidade científica mundial está correndo contra o tempo para acelerar o máximo possível esse processo — afinal, não temos esse tempo. 

Para quem atua no mercado da Importação, principalmente no segmento da saúde, estar atento aos números do cenário no Brasil possibilita uma compreensão mais sólida sobre o panorama atual — o que, consequentemente, leva a decisões mais assertivas.  

Mas como está a importação de vacinas no país? Quais são as estatísticas até agora para o ano de 2020? Descubra tudo isso neste artigo do Blog da Log!

Importação de vacinas: dados de janeiro a setembro

Com certeza, os assuntos principais deste ano nas rodas de conversa, ambientes políticos, debates e negociações mundiais estão sendo a vacina contra o coronavírus e a saúde. A pandemia mundial modificou o cenário econômico e, é claro, também teve impacto no comércio exterior.

Para entender um pouco mais sobre qual foi esse impacto, é importante olhar os números. Você sabia que, nos 9 primeiros meses do ano, o Brasil importou mais de 384 milhões de dólares em vacinas?

Esse valor representa um aumento de 18% em relação ao mesmo período de 2019 — nos 9 primeiros meses do ano anterior, o valor importado pelo país foi de aproximadamente 324 milhões de dólares.

Os números foram retirados da plataforma de inteligência da LogComex, que reúne dados do mercado da Importação, possibilitando pesquisas assertivas de setores, empresas, produtos e preços.

Aproveitando o gancho das últimas notícias sobre a vacina do coronavírus, consultamos a ferramenta e realizamos uma busca pelo NCM 300220 (referente a vacinas para medicina humana), esses foram os números encontrados:

Resumo de valores
Registros 630
Peso líquido (Kg) 541.101,6459
Valor FOB (USD) 384.180.642,9646
Frete (USD) 12.499.799,8844
Seguro (USD) 714.669,1066
Quantidade comercializada 75.217.711,0000

Leia mais: Quantos Kits de Teste e Máscaras Descartáveis importamos em março?

Prováveis importadores

A plataforma da LogComex também permite a consulta de prováveis importadores de um determinado produto — informação valiosa para entender o mercado. 

Consultando a ferramenta e realizando uma busca pelo NCM 300220, os Top 3 Importadores de janeiro a setembro de 2020 foram:

Prováveis importadores Valor FOB Registros
Ministério da Saúde 105.080.730,00 USD 120
Fundação Oswaldo Cruz 81.163.088,00 USD 32
Fundação Butantan 65.106.053,00 USD 29

Modais de transporte

Já sobre os modais utilizados para transporte das cargas, o aéreo representou 100% dos 630 registros de importação do NCM 300220 realizados nesses primeiros 9 meses do ano.

Muitas das vacinas importadas são produtos biológicos sujeitos ao monitoramento de temperatura. Por conta disso, a agilidade no processo é necessária, e o modal aéreo oferece essa vantagem.

Tendência de importação entre os meses

Observando a evolução do valor total importado e da quantidade de registros em cada um dos 9 primeiros meses do ano, março foi o mês que apresentou o pico de importações até o mês de setembro:

O mês de março foi marcado pelo início da pandemia no Brasil e pela publicação de uma resolução que isentou produtos relacionados ao combate à Covid-19 até o dia 30 de setembro. Depois, uma nova resolução prorrogou esse prazo até o dia 30 de outubro. 

Leia mais: Logística: um dos poucos setores que se adaptou rapidamente à pandemia

Tenha mais assertividade na Importação

Os dados apresentados nesse artigo são apenas uma amostra das informações disponíveis na plataforma de inteligência da LogComex.

O ano de 2020 foi marcado por diversos acontecimentos inesperados. Tudo isso só comprovou a importância de se ter mais segurança e realizar análises preditivas na sua estratégia de Importação.

Para esse objetivo, contar com uma ferramenta robusta de inteligência pode ser essencial e trazer superpoderes para as empresas.

As soluções tecnológicas da LogComex permitem análises detalhadas do mercado, trazendo inúmeras possibilidades para os Importadores. Conheça as oportunidades que a LogComex tem para você.