Como importar peças automotivas? Quais estatísticas deste produto?

O setor automobilístico é muito importante para a economia do país e, ao mesmo tempo, é muito concorrido. Por isso, o processo de importação de peças automotivas é essencial para quem quer ser competitivo nesse mercado. Essa é uma operação que pode envolver diversos procedimentos, contudo, algumas peças importadas podem sair até 80% mais baratas que as nacionais.

Diante disso, trouxemos algumas informações e estatísticas importantes para quem deseja começar nesse mercado ou aprimorar seus processos atuais. Neste artigo, você irá conferir:

Cenário histórico da importação de peças automotivas no Brasil

A indústria automotiva foi uma das mais afetadas pela pandemia da Covid-19, tendo uma queda brusca na produção.

Muitos adotaram o isolamento social e permaneceram por um grande período em casa, resultando na diminuição do uso de automóveis e nos quilômetros rodados.

Esse cenário histórico afetou todos os setores da indústria, inclusive a importação de peças automotivas, como relata o presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), em reportagem publicada no jornal Correio Braziliense. Teve aumento nas commodities de aço, borracha, e outros itens, além da desvalorização da moeda, que afeta tanto montadoras que trazem muitos componentes importados, como os nossos fornecedores.



No entanto, o setor projeta uma retomada em 2022. Para isso, as empresas de autopeças precisarão atingir um equilíbrio entre a necessidade de contenção de custos e da manutenção de mão-de-obra que permitam essa retomada econômica.

Como funciona a importação de peças automotivas?

Para começar a importar no Brasil é necessário planejamento. Mas os benefícios podem compensar:

  • Economia: Peças importadas podem sair até 80% mais baratas do que as adquiridas no mercado interno; 
  • Competitividade:bi Peças importadas a um menor custo permitem maior destaque no mercado. 

É necessário se atentar a legislação e conhecer os requisitos para os produtos que quer importar. Por exemplo, para pneus é necessário seguir algumas normas, como certificação do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (INMETRO) e solicitar Licença de Importação (LI).

Nova call to action

Outros tipos de peças que necessitam maior atenção são as consideradas perigosas, como a bateria, demandando documentos para serem transportadas. 

Falando nas tarifas, os seus impostos estaduais dependem da legislação de cada estado, e os federais são:

Na operação de importação de peças automotivas, é muito importante conhecer a legislação em vigor. Em muitos casos, há EX-Tarifário, como no exemplo da NCM 8708.40.19, que reduz o II de 14% para 2% e, em alguns casos, até mesmo para isenção, proporcionando um ganho enorme no custo final da importação.

Importação de peças automotivas entre janeiro e setembro de 2021

Com o intuito de mostrar alguns indicadores, realizamos uma pesquisa utilizando a NCM 8708.40. Vamos aos resultados:

Números totais de importação

Os números a seguir representam as importações do período de janeiro a setembro de 2021.

Valor FOB

O gráfico abaixo mostra que o valor FOB (Free On Board) ultrapassou US$ 2,5 bilhões. 

importacao-de-pecas-automotivas-dados-gerais

Frete e Peso total importado 

Já foram movimentados mais de 160 mil toneladas e gastos mais de US$ 50 milhões em frete na importação de peças automotivas. Os números mostram a importância de realizar o seguro. Se comparado aos valores já apresentados, o seguro gasto nesse período é proporcionalmente muito baixo.

importacao-de-pecas-automotivas-kg
importacao-de-pecas-automotivas-frete-seguro

Modais utilizados

Nesta análise a pesquisa traz a quantidade de DIs registradas por modal de transporte. O mais utilizado foi o modal marítimo com 58,20%, seguido pelo modal aéreo com 31,72% e 6,01% para o modal rodoviário. Outros modais juntos atingiram 4,08%.

A escolha do modal de transporte está ligada diretamente ao planejamento estabelecido para o prazo de recebimento. Essa etapa bem planejada torna possível grandes economias com o frete internacional.

importacao-de-pecas-automotivas-modais

Unidades de desembaraço

Como era de se esperar pelos números mostrados nos modais de transporte, considerando que o marítimo foi o mais utilizado, o gráfico abaixo lista os locais de desembaraço mais relevantes — em que prevalecem os portos. O Porto de Santos está em vantagem, seguido por São Paulo e pelo Porto de Suape.

importacao-de-pecas-automotivas-unidades-de-desembaraco

Gráfico de tendência

Abaixo trouxemos o gráfico de tendência que indica um período linear de baixa variação nos nove meses.

Esse tipo de informação sempre deve constar no estudo de viabilidade, pois ela traz mais segurança para tomada de decisão, elevando a assertividade e possivelmente reduzindo o risco de prejuízos.

Tenha dados de importação e exportação aprofundados com a Logcomex 

Ao buscar por importação e exportação, todos estão à procura de informações confiáveis, qualidade, facilidade e uma busca assertiva. A Logcomex tem plataformas voltadas para análise de movimentações desses segmentos, juntando diferentes dados como embarques marítimos e aéreos, despacho aduaneiro e cotações dos principais itens.

Com o Search da Logcomex, você consegue encontrar informações poderosas sobre dados e estatísticas de importação brasileira.

Preencha o formulário abaixo e saiba mais informações!

Saiba como podemos ajudar a sua empresa!