A importação de brinquedos é importante para o setor

Dia das crianças: confira estatísticas da importação de brinquedos

É muito comum, ao procurarmos um presente para o dia das crianças, nos depararmos com caixa ou instruções em outra língua na grafia. Na maioria das vezes, esses textos estão em mandarim. 

E não seria para menos, afinal, a China é uma das principais fontes de  diversos brinquedos e diferentes peças para o mundo.

Leia mais: Importação da China: produtos mais importados e estatísticas

Para se ter ideia, foram registradas 231.313.415 importações no setor, entre janeiro e agosto de 2022. Isso é equivalente a uma movimentação de US$ 101.313.415. 

Dados gerais da importação de brinquedos
Dados gerais da importação de brinquedos

O peso de toda essa importação dos produtos somou 19.103.282 kg. Confira a tabela completa:



Peso e valor geral da importação de brinquedos
Peso e valores gerais da importação de brinquedos

Mas como trazer esses brinquedos do outro lado do mundo? Qual o processo até que tudo isso aconteça? Existem taxas para trazer os brinquedos do estrangeiro até aqui? Neste artigo vamos explicar o processo de importação.

Nesse artigo, você verá:

Cenário de brinquedos importados 

Em 2021, a indústria brasileira de brinquedos fechou com um faturamento de R$ 7,8 bilhões, um crescimento de 4% em comparação com 2020 (quando o faturamento foi equivalente a R$ 7,5 bilhões).

Para 2022, espera-se que o fechamento siga a tendência de crescimento, alcançando pelo menos 6% — um valor de cerca de R$ 8,3 bilhões.

Os dados foram divulgados na Feira Internacional de Brinquedos (Abrinq) 2022, que ocorreu entre os dias 13 e 16 de março no Expo Center Norte – São Paulo.

Durante o evento, o presidente da Abrinq, Synésio Costa comentou que, em 2010, o consumo per capita de brinquedos no Brasil era de 4 por pessoa. Já em 2020, subiu para 11. 

Em 2021, a sazonalidade das vendas, segundo a entidade, seguiu anos anteriores, concentradas em mais de 50% nos meses de julho, agosto, setembro e outubro, para abastecer as lojas no Dia das Crianças e Natal.

No último ano as importações, em sua maioria concentradas na China, caíram de 77,34% para 75,80%, abrindo espaço para a indústria nacional aumentar sua produção. 

Com isso o número de empregos gerados passou de 35.832 para 36.500.

A inflação no período para os brinquedos ficou perto de 5%. As vendas do setor em todo o mundo passaram de US$ 102 bilhões em 2020 para US$ 109,1 bilhões ano passado.

Abaixo o valor total importado por Nomenclatura Comum no Mercosul por segmento. Em destaque, ‘outros brinquedos de qualquer tipo’ com 9503.00.99. Confira a lista completa atualizada pela Logcomex:

NCMs dos principais brinquedos importados
NCMs dos principais brinquedos importados

Falando das origens da importação de brinquedos, a Ásia é o continente dominante, sendo representada por 5 países — sendo que a China lidera de longe, com US$ 75 milhões, seguida pelo Vietnã (9.28 milhões), Malásia (5.88 milhões) e México (3.84 milhões). 

País de origemUS$ 
China 75 mi
Vietnã9.28 mi
Malásia 5.88 mi
México 3.84 mi
Indonésia 1.78 mi
Tailândia 1.23 mi
Paraguai 1.11 mi
Ranking dos países de origem da importação de brinquedos

Em relação aos estados que mais importam brinquedos, Santa Catarina lidera o ranking, importando 8.246.716 kg, seguida por São Paulo (com 5.919.616 kg) e Rio de Janeiro (com 1.679.439 kg).

Principais estados brasileiros importadores de brinquedos
Principais estados brasileiros importadores de brinquedos

Já entre as cidades que mais importam, figuram no top 3 duas cidades catarinenses e uma paulista. Ou seja, Itajaí (2.584.497 kg), Jundiaí (com 2.415.752 kg) e Joinville (com 1.935.838 kg).

Ranking das cidades importadoras de brinquedos
Ranking das cidades importadoras de brinquedos

Como é o mercado de brinquedos da China? 

A China tem sido o maior centro de fabricação e exportação de brinquedos do mundo por décadas. 

O valor dos brinquedos e jogos exportados para fora da China em 2021 ultrapassou 100 bilhões de dólares, representando 56% das exportações globais de brinquedos. 

Além disso, houve um aumento considerável na demanda doméstica chinesa por brinquedos nos últimos anos. 

Os brinquedos e jogos chineses geraram aproximadamente 78,7 bilhões de dólares em receita em 2022, tornando-se o maior mercado de brinquedos do mundo.

Beneficiando-se da força de trabalho barata do país, a China dominou a indústria mundial de fabricação de brinquedos por várias décadas. 

Mais de 70% das exportações de brinquedos da China vêm da província de Guangzhou, onde a maioria dos fabricantes está localizada. 

Os fabricantes de brinquedos na China normalmente trabalham como OEMs (Fabricantes de Equipamentos Originais), cujos produtos são então marcados e vendidos sob nomes de outras empresas.

Apesar do crescimento constante da exportação de brinquedos, a indústria chinesa de exportação de brinquedos vem enfrentando intensa concorrência nos últimos anos devido ao aumento dos custos trabalhistas. 

O surto de coronavírus em 2020 levou muitas empresas globais de brinquedos a transferir a produção de volta para casa. 

Em resposta, os fabricantes de brinquedos chineses mudaram sua estratégia de marketing e posicionamento. 

Por exemplo, muitas empresas chinesas de brinquedos desenvolveram seus próprios direitos de propriedade intelectual, enquanto algumas iniciaram negócios de comércio eletrônico transfronteiriço.

De acordo com estimativas da Statista, a receita do mercado de brinquedos e jogos da China quase dobrou na última década, apesar do declínio no número de recém-nascidos. 

Não apenas pais mais generosos, mas um número crescente de compradores de brinquedos adultos também foram responsáveis ​​pelo aumento do mercado. 

Em 2020, havia cerca de 30 milhões de compradores de brinquedos pop na China, elevando o tamanho do mercado para cerca de 25 bilhões de yuans. 

Em comparação com os brinquedos tradicionais, os brinquedos pop geralmente são projetados para fins de coleta. 

Muitos fabricantes de brinquedos pop também cooperaram com empresas famosas de filmes, jogos ou animes para produzir brinquedos e colecionáveis ​​licenciados. 

A partir de 2021, o mercado de brinquedos pop da China é liderado por brinquedos montáveis, como LEGO.

Passo a passo para importar brinquedos 

O brinquedo precisa ainda ser certificado pelo Inmetro. Logo, é necessário que um Organismo de Certificação de Produto (OCP) credenciado no Inmetro seja procurado para fiscalizar.

Alguns produtos não dependem da consulta porque já indicam a necessidade de certificação compulsória. 

A informação está disponível na Portaria Inmetro nº 563/2016. Caso haja necessidade de consulta, é necessário providenciar os documentos para o procedimento. 

Existem, atualmente, maneiras de avaliação da conformidade na importação. Elas possuem custos, por isso, é importante ficar atento na hora de fazer as negociações para a importação dos brinquedos. 

Por exemplo, o ‘Sistema 05’ é um mecanismo de avaliação Auditoria de Sistema de gestão da qualidade na fábrica. 

É um sistema de alto custo. Já o ‘Sistema 07’ é um modelo de certificação por lote onde a carga é descarregada no porto, armazenada em zona primária ou secundária e o importador agenda a coleta.

O Porto de Santos, no Brasil, é a principal unidade de desembaraço dos Existem algumas regras que precisam ser seguidas para que seja possível a importação do item. 

Antes, é importante lembrarmos que, há anos, a China lidera o ranking dos países exportadores de brinquedos, somando quase 80%. Para uma importação formal, é preciso:

  • Estar com a empresa registrada no Radar Siscomex
  • Pré-embarque, momento que escolhe os produtos, fornecedores de brinquedos da China e o tipo de importação (seja ela direta, indireta ou Importa Fácil). Também onde define a forma de pagamento e documentação
  • Pós-embarque, acompanhando a chegada das mercadorias
  • Despacho aduaneiro, quando a empresa fará o registro da Declaração de Importação (DI ou Duimp) e começará o processo de nacionalização dos itens.

Leia mais: O que faz um despachante aduaneiro?

Por se tratar de um segmento específico, ainda é preciso levar em consideração outras exigências na hora de importar, como por exemplo, a identificação da faixa etária do brinquedo. 

É necessário apontar a classificação de idade dos produtos utilizados por crianças até 14 anos de idade. Faz parte do Regulamento Técnico do Mercosul.

O brinquedo precisa ainda ser certificado pelo Inmetro. Logo, é necessário que um Organismo de Certificação de Produto (OCP) credenciado no Inmetro seja procurado para fiscalizar.

Alguns produtos não dependem da consulta porque já indicam a necessidade de certificação compulsória. 

A informação está disponível na Portaria Inmetro nº 563/2016. Caso haja necessidade de consulta, é necessário providenciar os documentos para o procedimento. 

Existem, atualmente, maneiras de avaliação da conformidade na importação. Elas possuem custos, por isso, é importante ficar atento na hora de fazer as negociações para a importação dos brinquedos. 

Por exemplo, o ‘Sistema 05’ é um mecanismo de avaliação Auditoria de Sistema de gestão da qualidade na fábrica. 

É um sistema de alto custo. Já o ‘Sistema 07’ é um modelo de certificação por lote onde a carga é descarregada no porto, armazenada em zona primária ou secundária e o importador agenda a coleta.

O Porto de Santos, no Brasil, é a principal unidade de desembaraço dos produtos que são importados. 

Abaixo, você confere a lista das unidades, apontada pela Logcomex, do mais relevante ao menos relevante. Veja:

Top 10 unidades de desembaraço da importação brasileira de brinquedos
Top 10 unidades de desembaraço da importação brasileira de brinquedos

Ainda repercutindo a chegada dos produtos. Compilamos dados dos modais mais utilizados para trazer os brinquedos da China para o Brasil. O marítimo é o que se destaca, com 98,94% dos itens.

Principais modais utilizados na importação de brinquedos
Principais modais utilizados na importação de brinquedos

Quais tipos de brinquedos são possíveis importar da China 

Entre os itens mais procurados e importados da China para o Brasil estão: pelúcias, infláveis, blocos de montar, jogos de tabuleiro, bonecas e bonecos (super heróis, por exemplo). Além de eletrônicos no geral (como celulares e tablets). 

Em uma busca rápida na internet é possível atestar que os destaques nas páginas são para venda de brinquedos relacionados ao desenvolvimento cognitivo da criança/ pré-adolescente. Especialistas associam isso ao período de pandemia, principalmente.

Estão à disposição e é possível importar uma grande variedade e diferentes tipos de brinquedos (para diferentes faixas etárias), desde que seguidas as normas estipuladas pelo Governo. 

Principais brinquedos importados no Brasil 

É preciso estar atento às tendências de mercado e lançamentos que estão no gosto das pessoas. 

Assim é possível importar aquilo que terá um maior giro de estoque, focando no lucro e evitando prejuízos. Principalmente para quem está começando nesse setor. 

Na indústria de brinquedos, a nostalgia está em alta, principalmente para a geração Y. Afinal, os millenials que têm filhos influenciam diretamente no repertório cultural e nos interesses da próxima geração.

Mais do que compradores e tomadores de decisão — seja nas lojas físicas como no e-commerce — os pais dos anos 1990 procuram apresentar a seus filhos desenhos, filmes e histórias famosas de suas infâncias. E as empresas do segmento têm observado isso.

Os brinquedos colecionáveis — ou action figures — têm forte relação com essa tendência e vêm apresentando performance de crescimento desde 2020 e tem um crescimento projetado em torno de 10% até 2025.

Confira na tabela a seguir a evolução das vendas no varejo de action figures e acessórios (em US$ milhões) conforme dados do Euromonitor Internacional:

Ano201820192020202120222026
Mundo6.712,87.070,4 6.765,97.345,27.501,28.203,1
Brasil303,6321,7339,2355,8364,9423,4
Evolução das vendas no varejo de action figures

A seguir, uma tabela com a taxa de crescimento anual composta divulgada pelo Euromonitor Internacional: 

Período%2018-2019%2019-2020%2020-2021%20201-2022%2021-2026 (PGrowth)%2021-2026 (CAGR)
Mundo5,3-4,38,62,111,72,2
Brasil5,95,44,92,619,03,5
Taxa de crescimento anual

Além disso, as vendas no mercado brasileiro refletem o gosto do pessoal de casa, o que estão buscando para comemorar o dia das crianças, principalmente, focando no aprendizado e estímulo cognitivo. 

Por isso, há investimento do setor na hora de importar os itens. Claro, sem deixar de lado os clássicos, como bonecas e carrinhos. 

Quais os benefícios e por que importar brinquedos da China?

Entre as vantagens em importar brinquedos do país asiático, está o valor mais em conta na hora de comprar. 

Sendo assim, quando o produto chega no Brasil, pode ser revendido com um preço corrigido, gerando lucro ao importador. 

Por isso, importar diretamente da China é uma opção interessante associada à economia e lucro. 

Para que a margem de lucro seja a maior possível, é interessante também a ajuda de um intermediador, empresa que seja especialista na importação, para que o trâmite seja facilitado e o investimento assertivo. 

Evitando gastos dobrados, perda de tempo e até mesmo prejuízo com documentação errada ou extravio de mercadorias. 

A opção também pode ser considerada vantajosa para quem quer começar um negócio e investir até mesmo de forma online. 

Tendências de mercado para brinquedos importados

A importação de brinquedos para o Brasil continua em uma crescente. Segundo levantamento da Secretaria do Comércio Exterior (Secex), de janeiro a agosto de 2021 foram importadas 68,2 mil toneladas de carrinhos de bebê, brinquedos, jogos e artigos esportivos. 

Ainda de acordo com o levantamento, a China detém 79,5% das negociações.

Para esse ano, é preciso ficar atento e tentar driblar os desafios na hora de importar produtos chineses. 

Por conta da pandemia, os valores de frete continuam altos, ainda há demora nos embarques nos portos marítimos e a alta disputa por espaço nos navios ainda acontece. 

A variação cambial, que afeta diretamente os custos de importações, também precisa ser bem observada e analisada. 

Análise de tendência da importação de brinquedos
Análise de tendência da importação de brinquedos

Faça análises aprofundadas do mercado de importação e exportação com a Logcomex 

Quando o assunto é análise de dados no comércio exterior, nosso time é expert!

Temos o propósito de conectar todo o ecossistema do comércio global, desde o planejamento até a visibilidade de todos os processos envolvidos na cadeia logística internacional.

Nossas soluções foram desenvolvidas para que você consiga tomar as decisões mais importantes do seu dia a dia com base em evidências.

Preencha o formulário a agende já sua demonstração gratuita!

Saiba como podemos ajudar a sua empresa!