Como funciona a nacionalização de mercadorias?

Como funciona a nacionalização de mercadorias?

1 de abril de 2019 Off Por Thaynara Oliveira

Atraso no prazo de entrega, mercadoria retida na alfândega, taxas e impostos não previstos são apenas alguns dos problemas que podem ocorrer ao longo do processo de importação. É neste momento em que vem a tona o assunto da nacionalização de mercadorias, fundamental para facilitar o esquema de importação.  

Mas afinal o que Nacionalização de Mercadorias? Nada mais é do que o procedimento para tornar um produto nacional que era estrangeiro. Embora tenha uma denominação simples, a nacionalização envolve diversas etapas, documentos e precisa ser bem executada para evitar problemas. Separamos os principais pontos que você precisa conhecer:

 

Passos da importação

Ao decidir importar produtos, a empresa interessada precisa localizar uma assessoria para prestar orientação sobre o modelo de operação ideal de acordo para a necessidade comercial em questão. Com isso definido entramos na etapa administrativa, que envolve o atendimento de requisitos solicitados pela Receita Federal. Logo mais acontece os trâmites de pagamento de fornecedor. E por fim, a retirada de produtos na alfândega. Aqui é importante destacar que o produto não pode ter barreiras, proibição e limitação de compra, além de atender as regras para o momento do desembaraço.

Documentos necessários

Os documentos solicitados no processo de nacionalização de mercadorias varia de acordo com o caso. Mas alguns documentos são comuns em diversos tipos de importação, veja quais são eles: fatura comercial, conhecimento de embarque, packing list, comprovante de pagamento de produto e certificação de origem. Estar atento a toda documentação necessária garante custos extras por conta das mercadorias.

 

 

Cuidados ao longo da importação

Ao nacionalizar mercadorias é preciso estar atento às movimentações para garantir o sucesso da operação. Para isso, fique atento aos documentos e principalmente aos prazos das solicitações para evitar multas e atrasos. Tenha uma pessoa focada em acompanhar os processos e diminua erros com tecnologia de automação. Seguindo estas dicas, sua importação será rápida e eficiente.

Para ter acesso a dados de mercadorias necessários para a documentação da nacionalização de importação, conheça o SearchX da LogComex. Com ele, você identifica preços, origens e destinos, tudo a partir de NCMs classificados.