Site Loader
Reading Time: 3 minutes

Você sabia que possuem taxas que fazem parte do conhecimento de transporte, porém não aparecem no documento? É isso que vamos conhecer no artigo desta semana, as tarifas aplicadas no BL! 

O BL ou chamado Bill Of Lading é o conhecimento de embarque marítimo, ele é o documento base para elaboração de novas documentações no mercante, Siscarga ou Portal Único. Além disso, o BL é um documento que determina posse e propriedade da mercadoria e prova do contrato de transporte.  

Não se sabe ao certo quando iniciaram os registros de cargas a bordo do navio, mas essa prática é mais antiga do que se imagina, documentos sempre foram necessários para transferência de mercadorias de um parte a outra. 

No conhecimento de embarque é mencionado o frete e as principais taxas que fazem parte do frete, porém nem todas as taxas que compõem o frete da carga estão no BL. A maioria das taxas que vemos nos documentos são: Frete básico e capatazia, que são as taxas que compõem o valor aduaneiro. 

No cálculo de frete efetuado pela companhia marítima são considerados todos os fatores pelos quais o armador pode passar, se houver mais dificuldade do que o normal, sobretaxas são incluídas no valor e muitas vezes não se encontram no conhecimento por estarem dentro do valor de frete.

 

As principais taxas do BL são:

1. Taxa Ad Valorem

A taxa Ad Valorem é aplicada com mercadorias de alto valor, pois indicam uma maior responsabilidade do armador no tratamento dessa carga. Essa taxa pode substituir ou complementar o frete básico, é cobrada quando a mercadoria custa mais do que mil dólares por tonelada. 

2. Taxa sobre cargas pesadas (Heavy Lift)

Essa taxa é cobrada quando o peso da mercadoria é superior ao peso de um FEU (container de 40 pés). Isso ocorre pois muitas vezes é necessário equipamentos e manuseio diferenciado para entrada da mercadoria no navio.  

3. Taxa para volumes de grandes dimensões (Extra Length Charge)

Semelhante a sobretaxa de cargas pesadas, essa sobretaxa é cobrada quando a dimensão é superior a capacidade de um FEU (container de 40 pés).

4. Sobretaxa de combustível + IMO 2020 (Bunker Adjustment Fee) 

A taxa BAF é uma taxa que é aplicada sobre o frete principal e cobre custos inesperados de combustível que podem ocorrer graças a conflitos internacionais. 

A taxa IMO 2020 é cobrada também sobre o frete principal e indica o novo acordo, onde armadores se conscientizam em emitir menos poluentes, porém para isso é necessário utilizar mais combustível que o normal. Portanto a partir de 1º de janeiro de 2020 essa taxa está sendo aplicada pelos armadores, encarecendo as operações logísticas.

5. Sobretaxa de congestionamento (Port Congestion Surcharge)

Essa taxa incide sobre os prejuízos na espera do armador para a atracação do navio. Esses atrasos podem se dar por problemas climáticos ou na infraestrutura. 

No ano passado, todos os navios que precisavam atracar em Itaqui sofreram com longas esperas, em abril havia mais de 70 navios parados sem previsão para atracar. 

6. Sobretaxa de porto secundário (Differential  Port Surcharge)

Essa sobretaxa é considerada quando a mercadoria deve ser carregada até terminal ou porto secundário  ou em algum porto fora da rota que cause dificuldades na atracação do navio; 

7. Sobretaxa de guerra (War Surcharge) 

Essa taxa é cobrada quando existe ou há suspeita de uma guerra próxima da onde o navio se situa. 

8. Sobretaxa de risco e emergência

Essa sobretaxa incide sobre riscos que a tripulação do navio pode sofrer passando por rotas perigosas, com grandes incidências de roubos e sequestros de navio. 

Diversas rotas são marcadas pela grande quantidade de piratas que roubam as mercadorias ou incluem mercadorias ilegais junto às demais cargas.

9. Sobretaxa de ajuste cambial (Currency Adjustment Factor) 

A sobretaxa CAF incide sobre a flutuação cambial que pode acontecer ao longo da operação com a mudança de moedas. A base de cálculo pode variar de armador para armador.

 

Você conhece outras sobretaxas? Comente aqui! 

Esse artigo foi escrito por Kauana Pacheco para a LogComex

Post Author: LogComex

Equipe de Marketing da LogComex

One Reply to “Tarifas aplicadas no BL”

Comments are closed.