Site Loader
Reading Time: 2 minutes

Nos processos de importação e exportação, a questão do transporte é de extrema importância uma vez que impacta nos custos e na logística de mercadorias. Neste cenário, a Carga Consolidada é uma alternativa para quem quer manter o controle da movimentação de suas entregas e ainda otimizar recursos.

Essa consiste em um sistema de padronização no qual as mercadorias são agrupadas em um mesmo conjunto, formando outro maior. Para isto, é feita a combinação de volumes e produtos que tenham as mesmas condições de entrega a serem realizadas.

É recomendado optar por uma Carga Consolidada quando a quantidade de produtos a ser transportada não é suficiente para preencher um container e/ou lote  inteiro. Este recurso também é uma alternativa quando consideramos as condições físicas da mercadoria, havendo a possibilidade da cobrança de frete ser realizada por peso ou por unidade. Nestes casos, a diferença de custos no transporte pode apresentar uma economia vantajosa.

 

Qual a diferença entre Carga Simples e Carga Consolidada?

 

A carga simples é toda mercadoria que pode ser transportada por qualquer tipo de veículo. Isso significa que os itens serão acondicionados de forma uniforme, com base em seu volume, a fim de reduzir os custos de transporte, tempo nos veículos e desembarque.

Já a carga consolidada, reúne diversos itens com um destino em comum, a partir do volume descrito no conhecimento master ou house, enviado pela empresa a companhia responsável pela consolidação da carga.

 

Como a Carga Consolidada funciona na prática?

 

Para que carga seja consolidada, entram em ação os agentes que podem ser os operadores logísticos e as transportadoras, responsáveis pela recepção, armazenamento e embarque dos produtos.

Assim, a  empresa consolidadora é responsável por emitir o BL (conhecimento de embarque marítimo) ou o AWB (conhecimento de embarque aéreo) em dois tipos: master, com os dados da consolidação e o house, com os dados de cada destinatário.

 

Quais são os benefícios da Carga Consolidada?  

 

  • Diminuição do custo junto às transportadoras;
  • Facilidade no transporte de itens;
  • Redução da quantidade de operadores envolvidos no processo;
  • Otimização dos custos de frete;
  • Redução da burocracia para a emissão de documentos.

 

Como trabalhar com uma Carga Consolidada?

 

Ao optar por Carga Consolidada, o procedimento deve ser intermediado por um agente de carga, empresa responsável por estabelecer o contato entre importadores e exportadores em diferentes localidades.

No momento de liberar tal sistema, conte a LogComex e acompanhe seus embarques em tempo real com o Tracking Automação. Clique aqui e conheça mais sobre a solução.  

 

Post Author: Thaynara Rezende de Oliveira

Produtora de conteúdo da LogComex, jornalista e especialista em Comportamentos de Consumo.