Saiba tudo sobre a Golden Week China e descubra como preparar sua operação no comex para a Semana Dourada

Como a Golden Week China afeta o comex? Como me preparar?

Como um dos maiores e mais importantes mercados do mundo, a China enfrenta uma enorme pressão para manter um certo nível de produtividade e eficiência para manter a cadeia de suprimentos global lubrificada, funcionando e estável.

De fábricas e armazéns a portos, terminais e muito mais, os trabalhadores chineses em todos os setores logísticos trabalham longas horas durante todo o ano para garantir a manutenção da rede de suprimentos em todo o mundo.

Mas, duas vezes por ano, o maior exportador do mundo se permite uma pausa.

Há duas pausas de uma semana no país – uma em cada metade do ano. 

A primeira, conhecida como Semana Dourada do Ano Novo Lunar Chinês — ou Golden Week — ocorre no início do ano em janeiro/fevereiro para dar às pessoas tempo livre para celebrar o Ano Novo Chinês.



A segunda — a Golden Week do Dia Nacional da China — faz parte das comemorações do dia nacional do país e acontece em outubro, bem no meio da alta temporada de embarques.

Dada a influência da China no mercado global e no comércio mundial, uma calmaria de uma semana — embora antecipada — tem o potencial de complicar as operações da cadeia de suprimentos e causar atrasos logísticos em todo o mundo.

Neste artigo, vamos nos concentrar na Golden Week do Dia Nacional em outubro. Mas para entender como o Dia Nacional da Semana Dourada na China afeta a logística internacional, primeiro precisamos mergulhar em alguns fatos básicos sobre o feriado.

Quando é a Golden Week na China?

A Semana Dourada Nacional na China acontece na primeira semana de outubro de cada ano para celebrar a fundação da República Popular da China. 

Em outras palavras, a Golden Week acontece todos os anos de 1º a 7 de outubro.

O que acontece durante a Golden Week?

Durante a Semana Dourada na China, os trabalhadores fazem uma pausa na agitação da vida. 

Multidões de viajantes lotam trens, ônibus, aeroportos, para chegar em casa para visitar suas famílias ou viajar.

Enquanto a China lida com a logística de viagens de sua Golden Week, o resto do mundo lida com o impacto que isso tem na logística da cadeia de suprimentos.

Ao longo da Semana Dourada, fábricas em todo o país fecham e a produção fica paralisada. Da mesma forma, nos portos e terminais, o trabalho e o pessoal são reduzidos ao mínimo.

Com as operações funcionando em uma pequena fração da velocidade total, os níveis de produtividade e eficiência diminuem e torna-se logisticamente impossível para exportadores e importadores fazerem seus produtos entrarem e saírem da China.

Isso significa que toda a ação deve ocorrer antes do início das festividades.

Como a Golden Week afeta o comex

Nas semanas que antecederam a Semana Dourada, a demanda por exportações chinesas dispara, enquanto as empresas tentam liberar suas exportações antes que as operações na China sejam completamente encerradas.

Em resposta ao déficit de atividade, os armadores costumam anunciar cortes de serviço.

Mesmo após a Golden Week, a capacidade e o pessoal geralmente permanecem limitados e a produção pode demorar a aumentar. 

Os armadores também podem continuar a cancelar as viagens nas semanas seguintes.

Dito isto, a falha em levar sua mercadoria para dentro ou para fora da China antes das festividades pode resultar em consequências terríveis, pois os atrasos da Golden Week às vezes podem significar meses.

Para as empresas, isso pode se traduzir em possíveis violações de contratos, acúmulo de taxas de atraso, baixos números de vendas e assim por diante.

O efeito Golden Week no frete marítimo e aéreo

O efeito da Golden Week na infraestrutura de transporte da China é significativo.

Durante a Semana Dourada, os portos e aeroportos da China ficam frequentemente congestionados com viajantes e cargas. 

Por exemplo, o número de contêineres movimentados no Porto de Xangai normalmente aumenta durante a Golden Week. 

Isso pode levar a atrasos no carregamento e descarregamento de navios e no movimento de contêineres de e para destinos terrestres.

O aumento da demanda por serviços de transporte durante a Semana Dourada também pode levar a preços mais altos de frete aéreo.

Isso se deve à capacidade limitada dessas redes de transporte e ao fato de muitas empresas de frete agendarem seus embarques em torno do feriado para evitar atrasos.

A Golden Week também pode ter um impacto nas cadeias de suprimentos globais. 

Muitas fábricas na China fecham para o feriado, o que pode levar a interrupções na produção de bens exportados para todo o mundo — especialmente para produtos que exigem peças ou componentes da China. 

Por exemplo, o fechamento da Semana Dourada de uma fábrica que produz capas para smartphones pode levar a atrasos nas remessas dessas capas para outros países.

O efeito Golden Week não se limita à China. Também pode ser visto em outros países com grande número de turistas chineses, como Tailândia e Japão. 

Esses países costumam ver um aumento no turismo durante a Golden Week e um crescimento correspondente na demanda por bens e serviços. 

O que pode levar a preços mais altos para quartos de hotel, restaurantes e outras atrações turísticas.

O efeito Golden Week nas tarifas e disponibilidade

Não é por acaso que a Semana Dourada na China ocorre durante a alta temporada de remessas. 

Na verdade, é considerado o gatilho para a primeira onda de taxas crescentes, alta demanda, baixa disponibilidade de espaço e equipamentos, roll-overs e congestionamentos.

Alta demanda, baixa disponibilidade de espaço e equipamentos, capotamentos e congestionamentos são sinônimos tanto da Semana Dourada quanto da alta temporada de remessas.

Mas como eles são um fator direto dos custos de envio flutuantes e crescentes?

Alta demanda e baixa disponibilidade

Nas semanas anteriores ao início da Semana Dourada, a demanda por exportações da China aumenta.

Isso ocorre em antecipação à paralisação, pois as empresas importadoras da China tentam garantir um lugar nos navios de saída para garantir que seus produtos estejam fora do país antes que a produção no maior exportador do mundo seja interrompida.

Em resposta a essa demanda crescente, os armadores aumentam as taxas spot.

Em meio a essa correria, o setor também enfrenta escassez de contêineres, slots, caminhoneiros e tudo mais. 

Os expedidores devem estar preparados para desembolsar mais para garantir não apenas um slot em um navio porta-contêineres, mas também o equipamento necessário para seus embarques.

Além dos aumentos gerais de tarifas padrão, há também outras sobretaxas a serem consideradas.

Dada a maior demanda por exportações chinesas em comparação com as importações chinesas, muitas vezes há uma necessidade urgente de retorno de contêineres ao terminal para gerenciar a demanda nos portos chineses.

É quando os armadores começam a implementar sobretaxas, como a Sobretaxa de Desequilíbrio de Equipamento para compensar o custo de transportar contêineres vazios de volta aos portos chineses para atender à demanda de exportação.

Diferentes estratégias da Golden Week por operadoras

O desequilíbrio importação-exportação causado pela Semana Dourada do Dia Nacional da China também leva a estratégias tarifárias muito diferentes por parte dos armadores.

Apesar da queda na demanda por importações chinesas, armadores maiores e mais influentes, que têm o benefício de um serviço superior (rotas diretas e tempos de trânsito mais curtos) e reputação, tendem a manter suas tarifas em vez de reduzi-las para incentivar as vendas.

No caso de não haver carga suficiente para garantir uma viagem, normalmente são anunciadas viagens em branco e cortes de serviço. 

Isso também é para evitar que as taxas spot caiam abaixo do nível de mercado. Como resultado, os portos geralmente ficam mais congestionados com roll containers.

Os armadores menores e asiáticas, por outro lado, gerenciam a demanda de importação mais fraca reduzindo suas taxas. 

Isso é feito apesar do prejuízo, já que elas esperam poder se recuperar das taxas significativamente mais altas das exportações chinesas.

Neste tipo de cenário, mais cargas com destino à China acabam sendo reservadas com esses armadores menores, que oferecem taxas de importação menores. 

Mas, dada sua capacidade limitada, isso geralmente resulta na falha em atender à demanda, fazendo com que a carga acabe atrasando.

Como se preparar para a Golden Week?

Para garantir que suas remessas cheguem a tempo durante a Semana Dourada, é importante planejar.

Confira a seguir algumas dicas sobre como se preparar para a Golden Week:

Planeje com antecedência 

Comece a planejar a Golden Week com antecedência. Lembre-se de que muitas empresas vão fechar e o transporte será mais limitado, portanto, leve em consideração o tempo extra para que suas remessas cheguem.

Além disso, reserve com antecedência para garantir espaço. O ideal é que isso seja feito pelo menos três semanas antes. 

Esse é o tempo mínimo que você precisa para reservar sua carga com antecedência para garantir espaço.

Dada a alta demanda e a luta por espaço, ou você faz a reserva o mais rápido possível ou vai ter de pagar um alto custo para garantir um lugar.

Considere tipos de contêiner alternativos

Como o tipo de contêiner mais cobiçado, os contêineres de 20 pés costumam ser os primeiros a serem reservados.

O que faz sentido, já que durante o período imediatamente anterior à Semana Dourada na China, a demanda geralmente supera a oferta.

Assim, torna-se extremamente desafiador garantir um contêiner de 20 pés.

Como solução alternativa, considere outros tipos de contêiner, incluindo o contêiner de 40 pés. Mesmo que o espaço extra seja desnecessário, a menor demanda por 40 pés às vezes pode garantir melhores tarifas e disponibilidade.

Outros contêineres não padronizados, como os contêineres open top, flat racks e reefers, também podem ser difíceis de proteger, pois a disponibilidade já é escassa — mesmo durante as estações fora de pico.

Caso você trabalhe com esses contêineres fora do padrão, o ideal é reservar com antecedência para garantir a disponibilidade.

Contêineres à parte, considere também outros equipamentos necessários para o transporte adequado do seu contêiner — como portões de elevação, rampas e demais equipamentos especiais.

Tenha um plano de contingência

Esteja preparado para atrasos e tenha um plano de contingência em vigor. 

Afinal, uma vez que suas remessas estejam em trânsito, podem ocorrer atrasos imprevistos. Neste sentido, um plano de contingência vai ajudar a garantir que suas cargas cheguem no prazo, apesar dos atrasos.

Seguir essas dicas ajudará você a evitar interrupções em sua cadeia de suprimentos durante a Golden Week.

Como uma plataforma de data analytics pode te ajudar a se preparar para a Golden Week?

Com o Logcomex Search Importação você tem acesso a informações estratégicas de todo o mercado, incluindo relatórios atualizados com base nas mercadorias importadas, rotas utilizadas, modais de transporte, valores de frete e ainda mais!

Assim, você tem uma visão detalhada do setor para analisar as importações realizadas no período e garantir um planejamento assertivo para a Golden Week, evitando atrasos e interrupções na sua operação.

Solicite uma demonstração gratuita da ferramenta e conheça agora mesmo!

Com a Logcomex, fica mais fácil se planejar para a Golden Week China e evitar prejuízos
Com a Logcomex, fica mais fácil se planejar para a Golden Week China e evitar prejuízos

Faça análises do mercado de importação com a Logcomex 

Quando o assunto é comércio exterior, somos especialistas!

Temos o propósito de conectar todo o ecossistema do comércio global, desde o planejamento até a visibilidade de todos os processos envolvidos na cadeia logística internacional.

Preencha o formulário a agende já sua demonstração gratuita!

Saiba como podemos ajudar a sua empresa!

1 comentário em “Como a Golden Week China afeta o comex? Como me preparar?”

  1. Pingback: Ano Novo Chinês: como impacta o comércio exterior?

Comentários encerrados.