Incoterms 2020

Incoterms 2022: o que são? Quais os principais tipos? Quais escolher?

Vamos começar este texto respondendo duas das maiores dúvidas sobre os Incoterms 2022, que são:

Quais são os Incoterms 2022? Os Incoterms 2022 são EXW, FCA, CPT, CIP, DAP, DPU, DDP, FAS, FOB, CFR e CIF.

O que significa o termo Incoterms ? É uma sigla para o inglês International Commercial Terms, que significa Termos Internacionais de Comércio.

O que são Incoterms?

Para aprofundar o tema, os Incoterms são um conjunto de instruções e regras estabelecidas pela Câmara Internacional do Comércio (ICC), que determinam as responsabilidades sobre frete e seguro de cargas negociadas no Comércio Exterior.

Essas instruções sofrem alterações a cada 10 anos. Atualmente, os termos que estão em vigor são os Incoterms 2022.



Qual a importância dos Incoterms?

Os Incoterms são a base de toda negociação de uma compra e venda internacional. 

Ou seja, é a definição dos Incoterms 2022 que vai determinar quem irá assumir a responsabilidade pela contratação do frete e do seguro da carga, se o importador ou o exportador.

Então, só é possível dar continuidade ao processo de importação, por exemplo, após esta parte da negociação ter sido concluída.

Nova call to action

Elas afetam o preço final do produto a ser pago para o exportador e toda a logística para que a carga chegue ao seu destino final.

Lista completa de Incoterms 2022

Os Incoterms 2022 estabelecem que 11 diferentes termos estão em vigor e podem ser utilizados por importadores e exportadores na negociação da venda e entrega dos produtos

Cada termo pertence a uma determinada “família” e é definido por diferentes siglas de três letras cada.

Tabela dos Incoterms 2022

Entre as 11 siglas dos Incoterms há algumas que são mais utilizadas, enquanto outras não aparecem tanto no dia a dia de um profissional de Comércio Exterior.

Em seguida você poderá encontrar quais são esses termos.

EXW – Ex-Works – Na Origem

Este Incoterm determina que a responsabilidade do exportador termina assim que ele deixa a carga pronta e embalada, usualmente em sua fábrica, para que possa ser coletada.

Já ao importador cabe toda a responsabilidade da contratação do frete e do seguro da carga, desde a fábrica do exportador até o destino final, incluindo todos os custos e trâmites de liberação da carga, tanto na origem quanto no destino.

É mais prático para o exportador já que sua responsabilidade é muito menor.

Para o importador, o custo é geralmente mais alto, embora possa contar com um relativo maior controle do processo, uma vez que ele é o contratante de todo o serviço.           

Este Incoterm é aceito em todos os modais.

FCA – Free Carrier – Livre No Transportador

Já no Incoterm FCA, a responsabilidade do exportador termina somente após a carga ter sido entregue ao transportador, em local previamente estabelecido, desembaraçada na origem.

Todos os custos internos são de responsabilidade dele, assim como a responsabilidade sobre a integridade da carga até esse ponto.

A partir de então, a responsabilidade passa a ser do importador.

Da mesma forma, este Incoterm é aceito em todos os modais. A vantagem é que o importador tem um custo de frete menor comparado ao Incoterm Ex-Works.

FAS – Free Alongside Ship – Livre Ao Lado Do Navio

Neste caso, o exportador deverá disponibilizar a carga desembaraçada na origem no costado do navio. Ou seja, no porto de embarque negociado.

As obrigações e deveres dos importadores e exportadores são semelhantes ao que ocorre no FCA. A diferença é que o local acordado para entrega da carga precisa ser o costado do navio que será utilizado.

Por isso, entre os Incoterms 2022, este Incoterm somente pode ser utilizado nos modais fluviais e marítimos.

FOB – Free On Board – Livre a Bordo

Semelhante ao FCA, são de responsabilidade do exportador todos os custos e procedimentos até que a carga seja entregue na amurada do navio. Sendo assim, a carga deverá ser entregue no navio previamente determinado.

Isso limita este Incoterm, que pode ser utilizado somente em transporte marítimos e fluviais.

Leia mais sobre as diferenças entre Frete CIF e Frete FOB!

CPT – Carriage Paid To – Transporte Pago

Neste caso as obrigações do exportador são maiores, já que ele terá que arcar com os mesmos custos e obrigações que constam no Incoterm FCA, acrescidos de todos os custos para entregar a mercadoria no local de destino acordado com o comprador.

CIP – Carriage And Insurance Paid To – Transporte E Seguro Pagos

Semelhante ao CPT, a obrigação do exportador é entregar a carga no local acordado no destino.

Entretanto, este Incoterm determina que além de todos os custos de transporte internacional, é de responsabilidade do exportador a contratação do seguro internacional da carga.

CFR – Cost And Freight – Custo E Frete

Aqui a responsabilidade do exportador termina quando a carga é entregue no destino.

O exportador se responsabiliza pelos custos referentes ao transporte interno, liberação na origem e frete internacional. Por outro lado, o seguro é de responsabilidade do importador.

Usualmente, a contratação de frete na origem tende a ser menor do que quando contratado pelo importador. No entanto, este custo estará presente na hora do pagamento dos produtos ao exportador.

CIF – Cost Insurance And Freight – Custo, Seguro E Frete

Muito semelhante ao Incoterm acima, a diferença é que o exportador arca com o custo do frete e do seguro da carga até o destino.

Aqui a atenção vale para a exigência de que o exportador contrate o seguro, mas não existe a definição do que este seguro deve abranger.

DAP – Delivered At Place – Entregue No Local

Quando esta for a escolha dos Incoterms 2022, fica estabelecido que é de responsabilidade do exportador arcar com todos os custos para entrega da carga no país de destino, em local previamente negociado.

Dessa forma, caberá ao exportador arcar com os custos do desembaraço da mercadoria.

Este tipo de Incoterm é aceito em todos os modais disponíveis.

DPU – Delivered At Place Unloaded – Entregue No Local Desembarcado

Muito semelhante ao DAP, o DPU estabelece que o exportador irá arcar com todos os custos acima acrescidos da descarga do veículo transportador.

Ao importador, portanto, caberá as responsabilidades e custos da nacionalização da mercadoria.

DDP – Delivered Duty Paid – Entregue Com Direitos Pagos

Embora o DDP seja um dos Incoterms 2022 e seja válido, a legislação brasileira não permite que ele seja utilizado em uma importação.

Este termo determina que são de responsabilidade do exportador todos os custos de frete e transporte da carga, incluindo o pagamento dos impostos para a nacionalização da carga no destino.

Porém, sendo uma empresa estrangeira, o exportador não dispõe dos requisitos estabelecidos na lei brasileira para que possa efetuar esses pagamentos.

Essa é a tbaela de Incoterms 2020

Utilize a planilha de custos de importação gratuita da Logcomex

A Logcomex desenvolveu e oferece gratuitamente a planilha de custos de importação para você conseguir planejar melhor suas ações na importação. Com a planilha de custos de informação, você consegue colocar os valores pagos no processo e calcular quanto você terá que pagar ao todo.

Abaixo, separamos ainda um passo a passo para você entender como ela funciona.

1. Acesse a planilha. Na aba 2, preencha o nome do produto.

Facilite o calculo de custos de importação com a nossa planilha

2. Depois, preencha as informações de “Quantidade”, “Unidade de Medida”, “Peso”, “NCM”, “Descrição da NCM”.

Facilite o calculo de custos de importação com a nossa planilha

3. Depois, preencha os valores estimados e a moeda utilizada no pagamento. 

Facilite o calculo de custos de importação com a nossa planilha

Automaticamente, o valor aduaneiro será atualizado

Automaticamente, o valor aduaneiro será atualizado

5. Na próxima tabela, preencha os valores dos impostos.

Facilite o calculo de custos de importação com a nossa planilha

Os valores e a base de cálculo serão atualizados.

Facilite o calculo de custos de importação com a nossa planilha

Por fim, temos o custo total da mercadoria, tanto em dólar, quanto em libra e euro.

Facilite o calculo de custos de importação com a nossa planilha