Porto de Paranaguá

Porto de Paranaguá: importações e exportações

O Porto de Paranaguá está localizado no litoral paranaense, na cidade de Paranaguá, na margem sul da baía de Paranaguá, e é considerado o maior porto graneleiro do Brasil e da América Latina.

Além disso, é o terceiro maior porto de contêineres do Brasil, atrás somente dos portos de Santos e Itajaí.

Sua maior influência se dá sobre os estados de Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Minas Gerais e São Paulo, além do estado do Paraná e do Paraguai.

A APPA (Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina) é responsável pela administração dos Portos do Paraná, um complexo portuário formado pelos Portos de Paranaguá e Antonina, cidades cerca de 55 km distantes entre si.

Criada em 1971 em substituição à Administração do Porto de Paranaguá, a APPA é uma empresa pública estadual, vinculada à Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística, que possui convênio com o Governo Federal.



História do Porto de Paranaguá

Tudo começou em 1º de outubro de 1853, quando foi criada a Capitania do Porto de Paranaguá. 

Cerca de 19 anos mais tarde, em 1872, foi concedida a um grupo de empresários a transformação do antigo ancoradouro da cidade de Paranaguá em um porto com maiores condições de atendimento.

Em 23 de maio de 1917 o governo estadual do Paraná assumiu as obras de melhoria, prevendo a construção e reforma de canais de acesso, cais, armazéns e depósitos.

A construção se iniciou em novembro de 1926 e o porto foi inaugurado, oficialmente, em 17 de março de 1933. 

Leia mais: Portos brasileiros e a importância do transporte marítimo

Estrutura portuária

O Porto de Paranaguá possui uma área de 171 mil km² e um cais comercial de 2.486m de extensão, divididos em cais leste e cais oeste, além de 24 armazéns disponíveis para carga geral e contêineres.

Para chegar ao porto é possível utilizar um dos três modais a seguir:

  • Rodoviário, por meio da BR-277, que liga Paranaguá a Curitiba, capital do estado;
  • Ferroviário, por meio da Ferrovia Sul-Atlântico S/A;
  • Marítimo, com uma barra de entrada de 200 metros de largura e 12 metros de profundidade, além de três canais de acesso, o do Norte, o do Sudeste e o da Galheta.

O porto conta, ainda, com o maior terminal de contêineres da América do Sul, o TCP (Terminal de Containers de Paranaguá). 

Quem administra o TCP é a empresa de mesmo nome, criada em 1998, a partir de um consórcio de empresas nacionais e internacionais. Seu intuito era administrar o terminal, bem como a empresa de operações logísticas, TCP Log.

O terminal está situado em uma região estratégica, servido por muitas rodovias que fornecem acesso a ele, além de ser o único da região sul do país com conexão ferroviária diretamente no próprio pátio.

Importações e Exportações do Porto de Paranaguá

O Porto de Paranaguá é um grande expoente do modal marítimo brasileiro, além de ser o maior porto graneleiro da América Latina, como vimos.

Certamente a movimentação de carga no porto apresenta números expressivos, e é isso que descobriremos agora.

Vamos analisar os dados de Importações e Exportações do porto entre janeiro e junho de 2022.

Importações do Porto de Paranaguá

Nos 6 primeiros meses de 2022, foram movimentados em importações o valor de US$ 11 bilhões e 10 milhões de toneladas.

A principal origem foi a China, com US$ 2 bilhões, seguidos por Estados Unidos, com US$ 1 bilhão e Rússia com US$ 951 milhões.

Exportações do Porto de Paranaguá

Quanto às exportações, foram movimentados US$ 12,6 bilhões em 16,1 milhões de toneladas. O principal destino foi a China, com US$ 3,8 bilhões, seguidos por Índia, com US$ 1 bilhão, e Holanda, com US$ 559 milhões.

Quer saber tudo sobre o porto de Santos?

Um dos maiores complexos portuários do mundo, o Porto de Santos é essencial para o comércio exterior brasileiro. A Logcomex preparou um guia completo sobre o assunto, quer conferir? Preencha o formulário abaixo.